Burzum – Variação músical de qualidade.

Sem dúvidas, Burzum, desde sua primeira demo até agora, variou o estilo de forma muito brusca, afinal, se você escutar qualquer faixa da demo “Burzum I” de 1991 e escutar qualquer música do penultimo albúm, Umskiptar, vai conseguir perceber a grande variavel no estilo, mas que ao meu ver, não deixou de transmitir o que queria, afinal, Varg, como um músico excelente, até em uma músicalidade longe do black metal experimental caracteristico dos primeiros albúns, conseguiu fazer algo excepcional, que, sem dúvidas, tem sua qualidade inquestionavel, você pode até não gostar do atual estilo de Burzum, mas irá concordar que é uma arte qualitativa.

Os temas abordados nas músicas de Burzum, além de um começo com uma pitada de DSBM, também estava fora do que o black metal, e até o Inner Circle, movimento que Varg participou pregava, apenas a exaltação da cultura nórdica, que é algo muito digno, enfim, isso me chamou mais atenção, pois até agora, não vi nenhuma música com temas relacionados ao NSBM, que contém o mesmo pensamento e idelogias raciais que Varg.

Image

Pessoalmente, acho os albúns mais atuais, como Belus, Umskiptar e até o ambient Sôl austan, Mâni vestan de extrema qualidade, superando até alguns primeiros albúns do black metal experimental de Varg, que por mais que tenha ideologias duvidáveis, sempre será um grande músico.

Image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s